Em Vida Cristã

Sobre tentar novamente


Estava lendo sobre a negação de Pedro a Jesus e seu arrependimento (Mt 26:33-35 e 69-70), e isso me fez tirar uma lição muito importante: devemos sempre tentar novamente quando pecar.
Pedro tinha uma certeza enorme no coração de que nunca abandonaria Jesus e que se fosse possível, morreria por Ele. E sinceramente, eu acredito que ele estava falando a verdade quando disse isso. O fato de ter negado Jesus e de ter sido covarde não definiu o caráter de Pedro, mas sim o fato de que ele era alguém suscetível a falhas como eu e você.

Como cristã, é esperado (se não for pra você, tem algo errado) que eu tenha certeza, assim como Pedro, que serei fiel a Jesus. E é assim que devemos tratar o pecado: acreditando que nossa fidelidade a Deus não quebrará e que não pecaremos, mesmo que saibamos que essa é nossa natureza. Mas não confunda natureza pecaminosa com o pecado ser algo normal na nossa caminhada com Cristo, porque não é e nem deve ser.

É interessante, agora, dar o exemplo de Pedro e Judas: Pedro, ao trair Jesus, chorou. Judas também chorou quando traiu seu Mestre. Qual a diferença, então? É o arrependimento. Pedro se arrependeu e colocou-se na presença de Deus, ele tentou outra vez. Judas sentiu remorso e se matou, mas tenho certeza que seria diferente se ele tivesse recorrido à graça redentora de Cristo.

O que quero dizer com isso é que nunca devemos deixar que o pecado se torne algo rotineiro ou que não há mais jeito pra nós. O pecado deve nos assustar e nos fazer correr em direção a Jesus. O arrependimento produzido em nós deve ser aquele semelhante ao de Pedro: verdadeiro e disposto a mudar. 

Jesus sabia que Pedro tinha errado e nenhum dos dois sentiram orgulho disso, Mas ainda assim Jesus ficou ali na frente dele e disse: "tome conta das minhas ovelhas" (João 21:15-18). Imagino o quanto Pedro ficou maravilhado diante daquele amor tão grande e redentor, e deve ter pensado: "mesmo depois de eu o ter traído, Ele ainda veio ao meu encontro". Pedro não se entregou à tristeza que o pecado trouxe, mas à alegria de uma nova tentativa, e de dizer mais uma vez que amava Jesus.

O que eu desejo é que o arrependimento nos leve sempre a tentar novamente e que os nossos olhos estejam sempre fixos em Jesus, pois Ele nunca desiste de nós. O importante é ter um coração quebrantado e disposto a mudar, e a isso Ele não resiste. Que nossa confiança esteja depositada em Deus e não em nós mesmos. Cristo é especialista em recomeços e como é bom saber que podemos recomeçar ao lado dEle.

Um beijo no coração e até o próximo post. 

Você pode gostar destes:

2 comentários:

  1. Que inspirada pelo Espirito Santo. Muito edificante. bjs<3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, anjinho. Toda glória pra Cristo, beijos <3

      Excluir