Em Vida Cristã

Vá e abandone sua vida de pecado

Imagem da internet

Os pecados que cometemos, quando expostos, são facilmente lembrados. Quando se trata de algo moral, aí é que são mais lembrados ainda porque as pessoas só querem uma oportunidade para julgar. Ontem eu li um texto do Max Lucado que me levou a ler João 8, especificamente o trecho que fala da mulher adúltera. Uma história de vergonha, mas também de Graça.
Eu fico tentando imaginar a situação daquela mulher naquele momento. Ela olha para o chão e não sabe o que fazer. Tem plena consciência de que o que fez foi errado e imoral, e que não haverá misericórdia por parte de ninguém. As lágrimas escorrem pelo seu rosto e a única coisa que ela vê são aqueles homens com aquelas pedras nas mãos, prestes a atirar nela.

Ela se viu sem saída, na sua cabeça não tinha a quem pedir ajuda. Era o fim. Mas Jesus intervém. Aqueles homens disseram a Ele que aquela mulher tinha pecado. Jesus fica em silêncio por um momento e começa a escrever no chão. Após um momento, Jesus se levanta e diz, sem muita delonga: "quem de vocês não tiver pecado, atirem a primeira pedra", e voltou a escrever no chão. A bíblia relata que eles saíram um por um, começando pelos mais velhos. A mulher deve ter ficado perplexa, e Jesus fala a ela: "ué, mulher, ninguém te condenou? Eu também não te condeno. Vá e abandone sua vida de pecado".

Talvez você tenha passado por uma situação de vergonha onde as pessoas te julgaram, mas não existe alguém sequer nesse mundo que não cometeu erros. As pessoas podem não esquecer dos seus pecados, mas Cristo esquece e o sangue dEle purifica você. Ele está sempre disposto a te abraçar com graça e misericórdia, sempre disposto a te perdoar. Jesus só deseja de você um coração sincero e arrependido, e da mesma forma que Ele disse àquela mulher que não a condenaria, Ele também diz que não te condena. Só há um detalhe muito importante no amor de Cristo: vá e abandone sua vida de pecado.

Um beijo no coração e até o próximo post! 

Você pode gostar destes:

2 comentários:

  1. Essa é uma questão que poucos cristãos se lembram, que pecar faz parte de quem somos, que quando nos arrependemos, devemos ser sinceros nos nossos corações (não adianta se arrepender do pecado pra "não ir pro inferno") e que o mais importante é compreender que o arrependimento é um processo longo e difícil. E por isso mesmo não dá pra sair atirado pedras e julgando um pecador.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Processo bem demorado mesmo. Mas com Jesus o fardo é mais leve né?
      Obrigada pelo seu comentário Lu, beijinhos!

      Excluir